Cocada

Cocada, beijo, queijo
Doce com copo d’água
Sua barriga não se cansa
De se abrir e esperar

Destemido Rei dos Coelhos
Nos estranhos põe medo
Quando quer brincar
Nos amigos põe pressa
Quando quer cantar

Cocada, pão e fruta
Cometa com calda d’algodão
Sua paciência não se cansa
De dormir e passear